top of page
  • Patrícia Schlindwein Sperotto

Soja impulsiona crescimento de 50% do mercado de defensivos

Levantamento da consultoria Kynetec mostra a oleaginosa na posição de principal cultivo da indústria do setor, seguida do milho e da cana-de-açúcar





Com aumento de 6% na área plantada de soja na safra 2022/23, que ultrapassou 44 milhões de hectares, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os defensivos agrícolas para a cultura movimentaram US$ 11,4 bilhões, alta de 50% ante o ciclo anterior (US$ 7,657 bilhões).


Os dados são do levantamento FarmTrak, da consultoria Kynetec. A oleaginosa, diz a empresa, segue na posição de principal cultivo da indústria do setor, seguida do milho e da cana-de-açúcar.


De acordo com o gerente de contas da Kynetec, Lucas Lima Alves, os herbicidas foram os produtos mais demandados:

  • Corresponderam a 35% das vendas ou US$ 4,1 bilhões, elevação de 70%, em dólar, ante a safra 2021-22 (US$ 2,391 bilhões).



Aumento dos herbicidas

Os herbicidas tiveram o preço empurrado para cima em virtude do aumento do custo de insumos das moléculas-chave ao manejo da lavoura, inclusive glifosatos, responsáveis por quase 60% das transações do segmento, de acordo com Alves.


O executivo salienta, também, que a utilização de herbicidas específicos pelo produtor avançou em toda a fronteira agrícola, tendo em vista ervas de difícil controle, como capim-amargoso, milho-tiguera, capim-pé-de-galinha e outras.




“Os pré-emergentes residuais também subiram em adoção, para 45%, frente a 34% de 2020/21. Tais produtos auxiliam no controle do banco de sementes, evitando a rebrota de plantas daninhas”, comenta Alves.


Fungicidas e inseticidas para a soja


Conforme o FarmTrak Soja 2022/23, os fungicidas ficaram na segunda posição entre os agroquímicos mais aplicados na oleaginosa. Assim, a comercialização totalizou:

  • US$ 3,7 bilhões, 33% do total, contra US$ 2,613 bilhões da safra passada, um crescimento de 43%.

Terceira categoria do levantamento, a dos inseticidas também tracionou o desempenho do setor:

  • Atingiu 21% do montante ou US$ 2,4 bilhões, frente a US$ 1,721 bilhão do ciclo anterior, salto de 40%.

Complementam o levantamento da Kynetec – resultante de entrevistas pessoais junto a 3,7 mil sojicultores -, os produtos para tratamento de sementes, nematicidas e outros que, somados, movimentaram cerca de US$ 1,2 bilhão.


fonte: https://www.canalrural.com.br/projeto-soja-brasil/soja-impulsiona-crescimento-50-mercado-defensivos/


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page