top of page
  • Patrícia Schlindwein Sperotto

Aumento de etanol na mistura da gasolina pode impulsionar preço do milho


No dia 28 de abril, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, anunciou uma proposta do governo federal para aumentar o teor de etanol anidro presente na gasolina. Na ocasião, o ministro de Minas e Energia destacou que a proposta seria levada ao Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) e que um grupo de trabalho seria criado dentro do mesmo para discutir a medida. A elevação do teor de etanol anidro presente na gasolina de 27,5% para 30% pode auxiliar para um aumento do consumo de milho e, consequentemente, melhorar os preços pagos pela 60 de quilos aos produtores. A perspectiva é do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.


Alternativas diante recuo dos preços do milho

De acordo com o ministro da Agricultura e Pecuária, diversas medidas são buscadas diante da baixa dos preços do milho no Brasil. Em algumas localidades, a saca de 60 quilos paga aos produtores não chega a cobrir os custos de produção.


Entre as medidas está a ampliação de mercado. Fávaro destaca que o Brasil precisa aproveitar as oportunidades que surgem, inclusive, como a vista em 2022 com a redução da produção do cereal em alguns países, o que proporcionou um crescimento nos embarques do grão brasileiro. “Caso todas essas medidas não se mostrarem eficientes na plenitude, claro que o Programa de Garantia ao Preço Mínimo deve ser estartado pelo governo federal na medida do possível e nós estamos preparados para isso”, salientou. fonte: Canal Rural

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page