top of page
  • Agronotícias

Queijo Minas Legal prevê R$ 2,8 mi para beneficiar produtores rurais

Fruto de parceria com o MPMG, projeto foi lançado pela Seapa durante a ExpoQueijo

Brasil 2022, em Araxá


A abertura da segunda ExpoQueijo Brasil - International Cheese Awards, em Araxá, na região do Alto Paranaíba, nesta última quinta-feira (2/6), foi marcada pelo lançamento do Projeto Queijo Minas Legal. A iniciativa prevê a regularização de queijarias artesanais em Minas, por meio de um investimento de R$ 2,8 milhões, que vai beneficiar cerca de 650 produtores. Os recursos serão destinados a treinamento de profissionais do Sistema Agricultura, a visitas aos estabelecimentos produtores e a análises laboratoriais de amostras de água e de queijos, além de assistência técnica às queijarias. "Estamos trazendo desenvolvimento, gerando renda, agregando valor aos produtos mineiros. É isso que devemos fazer: garantir dignidade e prosperidade em Minas Gerais e simplificar cada vez mais as legislações ambientais e sanitárias para que o produtor possa ter sucesso”, afirmou o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thales Fernandes, que apresentou oficialmente o projeto. Ainda estão previstas, no plano de trabalho, a estruturação de um laboratório da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), no valor de R$ 192 mil, e a compra de kits de testagem, a partir de recursos na ordem de R$ 25 mil. Além disso, serão desenvolvidas atividades de divulgação e promoção do queijo artesanal e das regiões caracterizadas como produtoras em Minas. A iniciativa é fruto de uma parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), com o Fundo Estadual de Defesa e Proteção do Consumidor do Ministério Público de Minas Gerais, via Termo de Descentralização de Crédito Orçamentário (TDCO). Da Agência Minas

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page