top of page
  • Foto do escritorJornalista Adriana Dias

Ourofino Agrociência e inovação: relação que contribui para manter o protagonismo do agronegócio

Com pouco mais de 12 anos, a empresa segue firme na busca por soluções inovadoras para o campo.

A agricultura brasileira é uma das mais pujantes do mundo. Com efeito, o nosso país coleciona recordes na produção ano após ano, sendo um dos detentores dos maiores níveis de produção e exportação de produtos agrícolas, como soja, milho, café, suco de laranja e açúcar. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção brasileira de grãos deve chegar a 312,5 milhões de toneladas em 2022/23. Este número representa um crescimento de 14,7% se comparado ao ciclo anterior.


É para este constante crescimento que a Ourofino Agrociência, empresa de origem brasileira de proteção de cultivos, trabalha fortemente. Em 2017 a companhia estabeleceu seu novo propósito: reimaginar a agricultura brasileira e, desde então, segue contribuindo para a manutenção do país como um dos líderes da produção mundial de alimentos.

Com base neste propósito, a companhia, em pouco mais de 12 anos, já reúne conquistas importantes. São dez Produtos Reimaginados, que são desenvolvidos especialmente para a agricultura brasileira, e três patenteados, que englobam um portfólio de mais de 50 produtos.

Os Produtos Reimaginados da Ourofino Agrociência são desenvolvidos em parceria com os principais institutos e pesquisadores do Brasil. São herbicidas, inseticidas e fungicidas com diferenciais cientificamente comprovados, que contribuem para assegurar a produtividade nas lavouras no ambiente tropical

Com relação às patentes, a empresa conta em seu portfólio com Goemon, um inseticida para lagartas de difícil controle, e dois herbicidas: o Terrad’or, para o manejo de diversas plantas daninhas resistentes ao glifosato, e o Templo, que é o primeiro reimaginado e patenteado, graças à inovação embarcada em sua formulação.

De acordo com Leonardo Araújo, diretor de marketing, P&D e PDI, a inovação é o principal pilar do negócio do negócio. “Está no nosso DNA a busca por inovações. Temos um centro tecnológico localizado dentro da nossa unidade fabril, em Uberaba (MG), onde nossos especialistas trabalham continuamente na busca por soluções dos desafios que ocorrem no campo.”

Todos os produtos estão alocados em dois grandes portfólios, o Ciclo 100, voltado exclusivamente para cana-de-açúcar, e o Focus 360, para o mercado de grãos, beneficiando a gestão das lavouras.

Produtos Reimaginados

Estas ferramentas oferecem ao produtor diversos diferenciais que contribuem efetivamente à agricultura.

Em breve, comenta Araújo, chegará mais um herbicida, com associação inédita de ativos. “Esta será mais uma excelente ferramenta para o produtor e certamente trará muitos benefícios para a agricultura brasileira”, complementa.

Produtos sob patente

Em 2019, a indústria deu um salto rumo ao futuro com a entrada das multinacionais Mitsui e ISK Biosciences. Esta parceria foi estabelecida com o principal propósito de compartilhar conhecimento e transferir tecnologia de forma bilateral entre as japonesas e a Ourofino Agrociência.

Em 2021 esta relação rendeu seu primeiro fruto, o inseticida patenteado Goemon e um ano depois, em 2022, outra molécula inédita chegou ao mercado brasileiro: o herbicida Terrad’or. Este, por sua vez, foi desenvolvido pela coreana FarmHannong, através da parceria com a ISK.

A mais recente conquista no segmento de produtos premium é o Templo, um herbicida que conta com as duas características, sendo uma solução reimaginada e patenteada. Com tensoativos e formulação diferenciada, a companhia conseguiu submeter ao registro da patente, certificando, mais uma vez, a inovação presente nos processos da companhia.

“Temos muito orgulho em dizer que temos um produto reimaginado e patenteado. Digo isso porque ele foi desenvolvido totalmente dentro da nossa estrutura, utilizando todo o conhecimento da agricultura brasileira”, complementa Araújo.


Portfólios robustos e completos

O produtor brasileiro ganha mais uma vez ao poder fazer associações de tecnologias, tomando decisões seguras e assertivas.

Denominados de Ciclo 100 e Focus 360, os portfólios foram criados para contribuir com o trabalho no campo, pois possibilita ao produtor a segurança e facilidade na escolha das ferramentas ideais e as associações para todas as épocas e climas.

Triângulo Agro e Ourofino Agrociência

A Ourofino Agrociência acredita no setor que mais cresce do Brasil e, por isso, está junto com a Triângulo Agro para levar o progresso para dentro da porteira dos produtores mineiros.

Para encontrar as tecnologias da Ourofino Agrociência, basta procurar por uma unidade da Triângulo e contribuir para reimaginar a agricultura brasileira.

44 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page