top of page
  • Agronotícias

FMI aumenta previsão de crescimento do PIB brasileiro para 2022

O Fundo Monetário Internacional aumentou a previsão de crescimento do PIB brasileiro para 2022. Segundo o FMI, o Brasil deve crescer 2,8% neste ano, 1,1 ponto percentual acima da previsão feita pela organização em julho.

O professor de Economia da Universidade de Brasília César Bergo argumenta que a melhoria do consumo das famílias, do setor industrial e do agronegócio explicam a nova projeção do FMI para o Brasil.

Ainda assim, a previsão do PIB brasileiro está abaixo da média mundial, que deve crescer 3,2%, abaixo da média dos países da América Latina e Caribe, que devem crescer 3,5%, e abaixo da média dos países emergentes. A estimativa do FMI é que as economias emergentes, ou em desenvolvimento cresçam 3,7% neste ano.

O Fundo Monetário Internacional calcula, portanto, uma desaceleração da economia mundial neste ano em comparação com 2021. No ano passado, o mundo cresceu 6%, quase o dobro do previsto para este ano. Segundo a instituição, a alta inflação, a invasão da Ucrânia, os lockdowns na China e a persistência da pandemia da covid-19 estão entre os principais motivos dessa desaceleração.

O economista César Bergo avalia que o cenário é mais negativo para economias ditas avançadas da Europa e para os Estados Unidos, principalmente pela questão do aumento do preço da energia.

Em relação à inflação, o FMI projeta um aumento de preços de 6% para o Brasil neste ano, abaixo da inflação global, prevista para ser de 8,8% em 2022. No ano passado, a inflação mundial ficou em 4,7%.



Edição: Roberto Piza/ Renata Batista - Da EBC

5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page