top of page
  • Patrícia Schlindwein Sperotto

Confira como os preços da soja abriram a semana no Brasil





O mercado brasileiro de soja teve poucos negócios nesta segunda-feira (11). Os preços ficaram mistos, com queda predominante.


Os agentes esperam pelo relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será divulgado na terça (12).


Veja as cotações da saca de 60kg

  • Porto de Rio Grande: decresceu de R$ 161 para R$ 160

  • Passo Fundo (RS): seguiu em R$ 152

  • Região das Missões: estabilizou em R$ 151

  • Cascavel (PR): aumentou de R$ 139 para R$ 140

  • Porto de Paranaguá (PR): valorizou de R$ 149 para R$ 150

  • Rondonópolis (MT): ficou em R$ 131

  • Dourados (MS): caiu de R$ 132 para R$ 130

  • Rio Verde (GO): baixou de R$ 130 para R$ 128,50


Soja em Chicago


Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a segunda-feira com preços mais altos.


Desde o início do dia, o mercado buscou suporte na queda consistente do dólar frente a outras moedas, diante de números mais positivos para a economia chinesa.


Já a proximidade do relatório de setembro de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que será apresentado nesta terça-feira (12), limitou o interesse comprador.


Conforme traders e analistas consultados por agências internacionais, os estoques finais devem ficar em 213 milhões de bushels, ante 245 milhões de bushels estimados em agosto.

A produção deve ficar em torno de 4,139 bilhões de bushels em 2023/24 (112,7 milhões de toneladas), ante 4,205 bilhões de bushels no relatório anterior. A produtividade deve ser reduzida para 50 bushels por acre, ante 50,9 bushels em agosto.

No âmbito global, os estoques finais devem ficar em 118,5 milhões de toneladas em 2023/24, ante 119,4 milhões em agosto.


Contratos futuros da soja

Os contratos da soja em grão com entrega em dezembro fecharam com alta de 6,00 centavos de dólar por bushel ou 0,44% a US$ 13,69 por bushel. A posição janeiro teve cotação de US$ 13,84 por bushel, com ganho de 6,00 centavos ou 0,43%.


Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com alta de US$ 3,50 ou 0,87% a US$ 404,90 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 60,50 centavos de dólar, estável em relação ao fechamento anterior.


Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão em queda de 1,04%, sendo negociado a R$ 4,9306 para venda e a R$ 4,9285 para compra.


Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,9209 e a máxima de R$ 4,9722.



fonte: https://www.canalrural.com.br/agricultura/projeto-soja-brasil/confira-como-precos-soja-abriram-semana-brasil/

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page